Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Macron quer discutir queimadas na Amazônia com G-7

Equipe BR Político

O presidente francês, Emmanuel Macron, pediu aos integrantes do G-7 (Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão, Reino Unido e União Europeia) uma reunião para discutir o que chamou de “crise internacional” das queimadas na região amazônica, na próxima reunião do grupo dos países mais industrializados, a ser realizada entre sábado, 24, e segunda, 26, em Biarritz (FR). “Nossa casa está queimando. Literalmente. A floresta amazônica – os pulmões que produzem 20% do oxigênio do nosso planeta – estão em chamas”, escreveu o francês no Twitter, nesta tarde de quinta, 22. A França é o país que mais se opõe, apesar de ter concordado, ao acordo estabelecido entre o Mercosul e a União Europeia.

Assine o BR Político para ter acesso a produtos e informações exclusivos. Clique neste link para se tornar um assinante.

 

Tudo o que sabemos sobre:

G7MacronAmazônia