Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maduro coloca Bolsonaro em plano para matá-lo

Equipe BR Político

A última do presidente venezuelano Nicolás Maduro é acusar Jair Bolsonaro e seu vice, general Hamilton Mourão, de integrarem um plano norte-americano para assassiná-lo. “Hoje venho outra vez denunciar o complô preparado na Casa Branca para violentar a democracia venezuelana, para me assassinar e para impor um governo ditatorial na Venezuela”, disse Maduro. A participação de Bolsonaro consistiria em “iniciar provocações” na fronteira.

Já Mourão, na visão do venezuelano, seria “um louco”. “Todos os dias, ele fixa a pauta do que vai ser a política desse governo. Todos os dias, diz que vai invadir a Venezuela, que o Brasil vai utilizar suas forças militares”, afirmou Maduro, segundo a Veja.