Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia: ‘Abrir o teto de gastos só depois de ter despesas organizadas’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), jogou água no chope de quem quer derrubar o teto de gastos. Com a crise econômica mundial se aprofundando, economistas e deputados de oposição têm sugerido que um dos remédios seria ao menos flexibilizar a regra. “Podemos abrir o teto de gastos depois de ter as despesas organizadas”, disse Maia. Ou seja: ressuscitar este debate somente depois que reformas como a administrativa e a tributária sejam aprovadas. “Precisamos que o governo venha a público e organize os próximos passos. Nosso foco será cobrar isso, que faça como os EUA e anuncie agenda”, afirmou.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Tudo o que sabemos sobre:

Rodrigo Maiateto de gastosagendaReformas