Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia acha que MP do FGTS passa sem dificuldades

Marcelo de Moraes

Embora alguns deputados defendam o aumento do valor do saque das contas ativas e inativas do FGTS, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), avalia que a medida provisória enviada pelo governo para tratar do assunto não enfrentará dificuldades para ser aprovada.

Pela proposta, o limite de saque será de R$ 500, podendo aumentar se a pessoa for titular de outras contas do Fundo. O líder do Podemos na Câmara, deputado José Nelto (GO), já tem defendido publicamente que esse valor suba para R$ 600. Só que o problema desse valor subir é que poderia desequilibrar as contas feitas pelo governo para que os saques não impactem, por exemplo, o setor da Construção Civil, que usa esses recursos. De qualquer jeito, Maia planeja fazer uma ampla discussão na Câmara sobre o funcionamento do FGTS no futuro. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

FGTSRodrigo Maia