Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia cobra ‘política ambiental sólida’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

Depois de se reunir com parlamentares da Dinamarca, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, endossou a ideia de que há interesse de governos e organismos internacionais em colaborar com recursos para a preservação ambiental no Brasil. Maia, porém, lembra que esses recursos só aparecerão se o Brasil tiver “uma política ambiental sólida”. Maia quer também acelerar a agenda de projetos para tentar conter o aumento do desmatamento.

“Hoje recebi uma delegação de parlamentares da Dinamarca. É importante que o Brasil demonstre para esses Parlamentos que temos posições claras principalmente em relação ao meio ambiente. A Câmara não vai pautar nenhuma proposta que represente ameaça à preservação da Amazônia”, diz.

“A gente tem trabalhado em conjunto com as bancadas do Agronegócio e do Meio Ambiente. Ontem, fiz uma reunião para ver como podemos melhorar a legislação contra o desmatamento, não apenas em área pública, mas também em área privada. Há dinheiro no exterior que poderá ser investido no Brasil, mas para isso é necessário que o país tenha uma política ambiental sólida. Há uma pressão internacional nesse sentido”, afirma.

Tudo o que sabemos sobre:

Rodrigo Maiadesmatamento da Amazônia