Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia defende Centrão e pede ‘relação diferente’ com o Congresso

Equipe BR Político

Antes de proclamar o resultado da votação do texto-base da reforma da Previdência, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pediu a palavra para defender o projeto e sua atuação no cargo. Aproveitou especialmente para pedir mudanças no tratamento dado aos parlamentares por parte da militância do presidente Jair Bolsonaro. “O Centrão é essa coisa que ninguém sabe o que é, mas é do ‘mal’. Mas é o Centrão que está fazendo a reforma”, disse. “Investidor de longo prazo não investe em País que ataca as instituições. O Congresso e o Supremo vêm sendo atacados muitas vezes de forma exagerada. Eu fui atacado, mas jamais sai do meu objetivo, que era trazer a Câmara ao dia de hoje”, afirmou, completando que, daqui para frente, é necessário construir uma “relação diferente” para continuar tocando as pautas importantes para o Brasil.