Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia diz que Salles faz ‘ilação desnecessária’ sobre Greenpeace

Equipe BR Político

Após o ministro Ricardo Salles insinuar no Twitter que o Greenpeace poderia estar relacionado ao derramamento de óleo que contamina o litoral nordestino desde o dia 30 de agosto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, afirmou que o tuíte do titular do Meio Ambiente “faz uma ilação desnecessária”. Antes de desacreditar a tese de Salles, Maia havia reagido pelo microblog à insinuação do ministro, dizendo que esperava uma “posição oficial do Meio Ambiente” sobre a relação entre o incidente ambiental e a organização. O ministro, na sequência, respondeu que o próprio Greenpeace confirmou “que navegou pela costa do Brasil na época do aparecimento do óleo venezuelano, e assim como seus membros em terra, não se prontificou a ajudar”.

A batalha de Salles com o Greenpeace teve novo capítulo ontem, quando ele postou um vídeo editado da organização sobre o qual ele ironizava as ações da ONG contra o incidente ambiental.

A organização ambiental afirmou ao Estadão nesta quinta, 24, que vai acionar a Justiça contra Salles.

No final de setembro, o Greenpeace recebeu Salles em Paris com protestos em frente à casa do embaixador brasileiro na cidade onde tinha reunião com empresários franceses.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Ricardo Salles