Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia: ‘Ministro Bento tem o nosso apoio’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), fez defesa nesta quinta, 19, do ministro Bento Albuquerque (Minas e Energia) diante da informação de que ele seria trocado numa eventual reforma ministerial por Ricardo Salles, desafeto de Maia.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ)

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) Foto: Maryanna Oliveira/Agência Câmara

O Centrão tem pressionado o governo federal por vagas em ministérios. A pasta de Albuquerque, especialmente após o apagão no Amapá, do Meio Ambiente e de Relações Exteriores seriam cobiçadas.

O grupo formado por PP, PL, Republicanos, PSD, Solidariedade, PTB, PROS e Avante se fortaleceu nas eleições municipais de domingo, à exceção do PROS.

Como você tem lido aqui no BRP, o apagão do dia 3 na terra do presidente do Senado causou e ainda causa vários prejuízos à população do Estado. Davi Alcolumbre, que tem um irmão não em posição confortável na disputa eleitoral à prefeitura de Macapá, já cobrou publicamente do governo federal uma posição para solucionar o vexame, e bota a culpa na Aneel, que hoje teve parte de sua diretoria afastada por 30 dias para que as investigações sobre o apagão não sofram interferências. Alcolumbre quer ver seu familiar eleito e a Eletrobras longe de ser privatizada. O que não falta é fio solto nessa história mal contada.