Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia no meio do ‘bang-bang’

Gustavo Zucchi

Em plateia formada por representantes do agronegócio, Rodrigo Maia defendeu uma revisão no estatuto do desarmamento. “Eu acho que está chegando o momento em que a gente vai discutir, conciliar um texto, onde a gente tire a discricionariedade da mão da PF”, comentou Maia.

Em março deste ano foi o contrário: ao receber um documento do Sou da Paz,  ele disse que não havia “prioridade para flexibilização do Estatuto num futuro próximo” para o presidente do instituto, Ivan Marques. Disse também que votou a favor do banimento da comercialização de armas de fogo no País.

Tudo o que sabemos sobre:

Rodrigo Maia