Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia: ‘Nossas leis precisam ser respeitadas’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

No mesmo dia em que o presidente Jair Bolsonaro deu uma declaração inflamada em resposta ao Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), divulgou nota na noite de quinta-feira, 28, para reafirmar a necessidade de que as decisões judiciárias no País sejam respeitadas.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

“A gente não pode ser a favor de uma decisão do Judiciário porque é um adversário nosso, e ser contra quando acontece com um aliado. As nossas leis precisam ser respeitadas. Divulgação de notícias falsas é um problema no Brasil e no mundo, que tem interferido no processo eleitoral”, escreveu Maia.

A citação do parlamentar sobre notícias falsas vem na esteira da operação da Polícia Federal que, na última quarta-feira, 27, atingiu apoiadores do presidente Bolsonaro. A ação foi realizada no âmbito no inquérito que apura fake news e ameaças contra ministros do STF.

No texto, Maia afirma ainda que muitas das redes de fake news estão vinculadas em apoiamento a Bolsonaro. “São narrativas falsas que precisam ter uma resposta do Judiciário e uma lei que responsabilize as plataformas. Tudo isso é muito grave, mas o Parlamento vai continuar trabalhando de forma independente e tentando, ao máximo, o diálogo e a harmonia entre as instituições”, diz a nota.