Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia preocupado com armas, não com o Coaf

Gustavo Zucchi

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), minimizou a decisão da Comissão Mista da reforma administrativa de tirar o Coaf do Ministério da Justiça. Pelo contrário: o democrata disse que o órgão estará em boas mãos com Paulo Guedes e que sua preocupação agora é outra: o decreto da última quarta-feira, 8, sobre o porte de armas de fogo. Dois deputados do DEM votaram contra a manutenção do órgão na pasta de Sérgio Moro: Jayme Campos (MT) e Elmar Nascimento (BA).

“Nossa assessoria técnica já identificou pontos inconstitucionais do decreto”, disse Maia. “Eu tenho 8 decretos legislativos na mão para derrubar o decreto, mas prefiro construir o diálogo com o ministro Onyx Lorenzoni”, afirmou. / G.Z.

Tudo o que sabemos sobre:

DEMcoaf