Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia reitera apoio à redução de salário de parlamentares

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, indicou mais uma vez que será preciso cortar na própria carne para direcionar recursos para o combate ao coronavírus, especialmente a possibilidade de reduzir salários dos Três Poderes para destinar mais recursos ao combate à crise da covid-19. “Todos têm estabilidade. É importante saber que tem milhões de brasileiros com medo de perder seus empregos. Sem oportunismo, os Três Poderes devem, nos próximos dias ou na próxima semana, avaliar como vai avançar na crise e tomar essa decisão”, disse.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Legislativo, Executivo e Judiciário custam R$ 200 bilhões por ano à União. “Têm salários mais baixos, têm salários mais altos, acima da média dos 10% que ganham mais no Brasil. Então eu acho que a gente consegue uma economia, se você olhar uns R$ 18 bilhões por mês, se você tirar 15% a 20%, vai ter uma economia de três meses que ajuda. É claro que o volume do problema é muito maior que esse”, afirmou.