Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia: ‘Sem reforma, militares ficariam sem salários’

Equipe BR Político

Na véspera do envio da proposta previdenciária dos militares ao Congresso, Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, afirmou nesta segunda, 18, que, num caso extremo, as Forças Armadas ficariam sem salário caso o texto do setor não se enquadre nos cálculos do Ministério da Economia.  Segundo ele, “os militares são muito preparados” e “sabem fazer contas”.

No mesmo encontro na FGV, no Rio, Maia alertou ainda que não há “320 liberais” no Parlamento para aprovar a PEC da reforma. Já em Washington, o ministro Paulo Guedes reiterou que se economia com a reforma for menor de R$ 1 trilhão, o “compromisso com futuras gerações será relativo”.

Tudo o que sabemos sobre:

Rodrigo MaiaprevidênciaPaulo Guedes