Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Maia: ‘Sempre fui favorável, mas não estou propondo pasta da Segurança Pública

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse ao BRP, que “sempre foi favorável” à existência de um Ministério da Segurança Pública. O deputado, porém, ressaltou que não está propondo, nem pressionando para que isso seja feito pelo governo.

“Eu sempre fui favorável. Sempre defendi como deputado que o governo federal deveria ter uma responsabilidade sobre esse tema. E a criação do ministério, durante o governo de Michel Temer,  gerou isso. Todos os outros governos anteriores se omitiram no tema. Mas apenas sou favorável. Não estou propondo, não estou pressionando, não estou fazendo nada disso”, disse.

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia

Presidente da Câmara, Rodrigo Maia Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Desde ontem, o presidente Jair Bolsonaro admitiu publicamente que está estudando desmembrar a parte da Segurança Pública num ministério próprio, separando a área da Justiça. Hoje, as duas partes estão juntas e subordinadas ao ministro Sérgio Moro. Quando Bolsonaro tomou posse, decidiu unificar os assuntos justamente para fortalecer o papel de Moro dentro do governo. A iniciativa tem sido criticada pela chamada bancada lavajatista no Congresso, que entende que o presidente quer, agora, enfraquecer politicamente justamente o seu ministro mais popular e que poderia se tornar um adversário na disputa presidencial de 2022.