Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Maioria considera que Bolsonaro atrapalhou ou não influenciou voto em candidatos

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Jair Bolsonaro viu a maioria dos candidatos que apoiou no primeiro turno das eleições municipais derreter e registrar desempenho aquém do esperado. Nesta segunda-feira, 23, uma pesquisa divulgada pela XP/Ipespe confirmou a tendência: 31% das pessoas consideram que o apoio do presidente influenciou contra a escolha do voto nos candidatos apadrinhados.

O presidente Jair Bolsonaro com Celso Russomanno quando declarou apoio à candidatura (atrás, o marqueteiro Elsinho Mouco)

O presidente Jair Bolsonaro com o ex-candidato no primeiro em São Paulo Celso Russomanno (Republicanos) Foto: Alex Silva/Estadão

Outros 30% consideram que o apoio do chefe do Planalto não pesou nem a favor nem contra e apenas 18% consideram que Bolsonaro influenciou positivamente a escolha do voto em seus candidatos.

A pesquisa que consultou 1000 pesssoas entre os dias 18 e 20 de novembro apontou que os fatores mais importantes para a decisão do voto em prefeito neste ano foram as propostas (para 32% dos entrevistados) e a experiência anterior do candidato (citada por outros 32%). Os menos citados como fator principal na decisão do voto foram o desempenho nos debates (para 5%), opinião de amigos/parentes/vizinhos (4%), representação de mudança (3%), apoio de outros políticos (2%) e a propaganda do candidato (2%).

Outro ponto que chama atenção no levantamento é a quantidade de pessoas que não sabem informar o partido do candidato a prefeito em quem votou. Dos entrevistados, 41% não lembrava ou não sabia essa informação. Dos que declararam a sigla escolhida, 8% disseram ter votado em candidato do PT, 6% do PSDB e 5% do MDB. No DEM e PSOL foram 4% em cada um, no PSB, 3%, no PDT, Patriotas, PSL, Podemos e Republicanos, foram 2% em cada.

Tudo o que sabemos sobre:

Jair Bolsonaroeleição 2020apoioVoto