Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mais auxílio-emergencial do que carteira assinada

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, lamentou que exista hoje mais pessoas recebendo auxílio-emergencial do trabalhadores com carteira assinada em 25 das 27 unidades da Federação. Lupi, que foi ministro do Trabalho, concorda que a ajuda do auxílio é necessária, mas cobra a organização de uma política de geração de empregos.

“Tem mais gente recebendo auxílio emergencial do que carteiras assinadas em 25 dos 27 estados. O auxílio, que o governo foi contra, é bem-vindo, mas o norte deve ser uma política de pleno emprego!”, disse o dirigente do PDT.

Tudo o que sabemos sobre:

carlos lupiauxílio emergencial