Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mais ideias em teste contra nó fiscal

Vera Magalhães

A equipe econômica segue com a estratégia de testar ideias que possam combater a crise fiscal antes de apresentá-las como propostas fechadas. Duas ideias na incubadora estão nas páginas dos jornais neste sábado. Reportagem do Globo mostra que, depois da mal recebida especulação sobre o congelamento do valor do salário mínimo, o governo modula a ideia e agora joga ao ar o balão de ensaio de desvincular do valor do piso benefícios como o BPC.

A medida estaria numa proposta de emenda à Constituição que Paulo Guedes pretende mandar ao Congresso desindexando o Orçamento, desvinculando receitas e tirando gastos obrigatórios. Hoje aposentadorias, BPC, abonos, seguro-desemprego e renda mensal vitalícia são atrelados ao mínimo. O governo manteria só a aposentadoria do INSS nessa condição.

No mesmo jornal, reportagem mostra que o governo pode rever a desoneração que incide sobre produtos da cesta básica.

As duas medidas têm potencial altamente impopular e incidem sobre as camadas mais pobres da população, razão pela qual devem ser de difícil assimilação pelo Congresso.