Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mais uma MP caduca sem ser votada

Marcelo de Moraes

Com o fim da vigência hoje da Medida Provisória 882/19, é a nona vez que um ato desse tipo editado por Jair Bolsonaro caduca sem ter sua votação concluída no Congresso. Essa MP tratava da regulação, entre vários pontos, da composição do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), ampliava competências da Secretaria do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), por exemplo.

O presidente Jair Bolsonaro discursa em evento

Foto: Wilton Júnior/Estadão

A MP, que tinha sido assinada em maio, chegou a ser votada na comissão mista, mas empacou por falta de acordo. Um dos signatários da medida era o ex-ministro Santos Cruz, que teve passagem pelo governo tão rápida quanto a duração dessa MP.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

MPsJair Bolsonaromedida provisória