Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Major Olímpio, Skaf, Datena e a corrida eleitoral em SP

Equipe BR Político

O senador Major Olímpio (PSL-SP) afirmou nesta sexta-feira, 13, que, caso o PSL permita, ele pretende ser o candidato da sigla ao governo do Estado de São Paulo nas eleições de 2022 – e que não tem dúvidas de que venceria a disputa. “A população de São Paulo está ansiando por segurança, por alguém que tenha pulso firme. Se eu me enquadrar nesse perfil e o PSL me der a legenda, eu vou ser governador de São Paulo”, disse o parlamentar em entrevista à rádio Jovem Pan.

Como informa o Broadcast Político, se confirmado, Olímpio poderia concorrer contra o presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf (MDB), que é visto como um possível candidato do presidente Jair Bolsonaro ao governo paulista. Skaf é também cotado como um potencial dirigente do Aliança pelo Brasil, legenda que Bolsonaro tenta criar.

Mas antes disso, ainda há que se definir quem será o candidato na eleição municipal de 2020. De acordo com a colunista Mônica Bergamo, Bolsonaro trabalha para lançar o apresentador José Luiz Datena como prefeito no próximo ano.

A candidatura do apresentador, no entanto, segue indefinida. Assim como o partido pelo qual poderá concorrer.
Ele já foi procurado pelo ex-governador Márcio França, do PSB, e pelo deputado federal Marcos Pereira, do Republicanos, que é ligado ao bispo Edir Macedo, da Igreja Universal.