Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mandetta cita ‘João 8:32’ e cutuca Bolsonaro: ‘Tem que praticar’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Após a mudança na divulgação dos dados referentes ao novo coronavírus feita pelo governo, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta usou o Twitter para alfinetar o presidente Jair Bolsonaro por meio de um versículo bíblico. O ex-auxiliar citou João 8:32, que é frequentemente repetido pelo presidente: “Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará”.

Presidente Jair Bolsonaro e o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

Presidente Jair Bolsonaro e o então ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: Dida Sampaio/Estadão

A publicação da mensagem veio na esteira de o Ministério da Saúde afirmar que não iria mais divulgar o número acumulado de mortes e casos confirmados da doença no Brasil e alterar, na noite de ontem, o número de óbitos pela covid-19.

“Conforme João 8:32 ‘conhecereis a verdade e a verdade vos libertará’. Não basta citar, tem que praticar”, escreveu Mandetta na noite de domingo, 7. A mensagem foi compartilhada na rede social pelo ex-ministro Sérgio Moro.

O comentário do ex-ministro foi acompanhado de uma postagem que indicava uma declaração na qual Mandetta dizia que a omissão de dados na Saúde era “burra” e “tacanha”.