por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mandetta enfrentou PT no Mais Médicos

Marcelo de Moraes

Além de ser médico e próximo de Jair Bolsonaro, outro fator ajuda ao deputado federal Luiz Henrique Mandetta na possível escolha para ocupar o Ministério da Saúde. Ele teve debate acirrado com os petistas, especialmente com o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha, contra a decisão de trazer médicos cubanos para o programa Mais Médicos.

A decisão do governo de Cuba de retirar seus médicos no programa acabou provocando o primeiro problema do futuro governo, já que os cubanos representam um contingente superior a 8 mil profissionais do Mais Médicos. Se for confirmado no cargo, Mandetta traria para a pasta conhecimento sobre o programa e disposição de enfrentar o debate político sobre o assunto. /M.M.