Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mandetta: ‘Já liberamos cloroquina e hidroxicloroquina para pacientes críticos’

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta terça-feira, 7, que a pasta já liberou o uso da cloroquina e hidroxicloroquina para casos de pacientes em estado crítico e moderados de covid-19. O ministro alertou, no entanto, que ainda faltam evidências sobre o uso profilático dos medicamentos.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na coletiva desta terça

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, na coletiva desta terça Foto: Reprodução/TV BrasilGov

“Nós já liberamos cloroquina e hidroxicloroquina tanto para os pacientes críticos, como para qualquer paciente que interne no hospital. Para os moderados, já tem protocolo. E estamos analisando agora na forma anterior, o uso quase profilático. Nisso ainda existe um pouco de dúvida, porque você tem os efeitos colaterais”, ressaltou o ministro. Para esse fim, Mandetta disse que ainda é necessário “um pouco mais de evidência científica.

Ontem, depois de se reunir com o presidente Jair Bolsonaro, Mandetta afirmou que foi pressionado por médicos a editar um protocolo de hicroxicloroquina para tratamento da covid-19 no Brasil por meio de decreto. Mandetta disse que recusou por falta de embasamento científico e recomendou que os profissionais procurassem o secretário de Ciência e Tecnologia da pasta, Denizar Vianna, segundo informou o Estadão.