Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mandetta tem mais menções negativas nas redes

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

As menções negativas ao ministro Luiz Henrique Mandetta predominaram nas principais redes, segundo análise feita pela plataforma de monitoramento digital Torabit a partir de 956 mil menções a ele no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube entre 6 a 15 de abril. O sentimento em torno de Mandetta nas redes se mostra da seguinte forma: 32.4% negativo, 46.3% neutro e 21.2% positivo.

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta Foto: Dida Sampaio/Estadão

As principais razões para que o sentimento negativo predominasse nas redes, segundo os usuários, são a falta de clareza do ministro sobre as informações – grande parte dos usuários cobra a fala de Mandetta na qual ele disse que o pico da doença seria em março e abril e agora diz que o pior período será em maio e junho; falta de apoio ao uso da cloroquina; intenções eleitorais em suas ações; “insubordinação” e “estrelismo” com a entrevista ao programa Fantástico; e ter admitido a possibilidade de diálogo com a milícia e com traficantes para o combate do coronavírus.

Como você já sabe, segundo as pesquisas, Mandetta tem hoje mais reconhecimento popular que o próprio presidente Jair Bolsonaro, justamente pela condução no combate ao coronavírus.