Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Marcha da insensatez’ de gastos

Vera Magalhães

O Congresso não vota medidas do ajuste fiscal, mas, em compensação, Câmara e Senado aprovam novos incentivos fiscais e a renovação de benefícios. O Judiciário, por sua vez, também contribuiu com decisões que oneram o Tesouro. Em sua coluna no Globo, Miriam Leitão chama a ação combinada de “marcha da insensatez”. “É exatamente desta forma que se destrói a estabilidade e se contrata uma nova onda de inflação e crise.”