Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marco Aurélio avisa: ‘O Estado é laico’

Equipe BR Político

O ministro Marco Aurélio Mello reagiu a fala de Jair Bolsonaro de que é hora de ter um “evangélico” entre os ministros do Supremo. Marco Aurélio lembrou o presidente que a Corte não pode e não deve ser formada segundos critérios religiosos. “Não sabemos se alguém professa Evangelho. Temos católicos e dois judeus (Luiz Fux e Luís Roberto Barroso). Mas o importante é termos juízes que defendam a ordem jurídica e a Constituição. O Estado é laico. O Supremo é Estado”, disse Marco Aurélio. Entretanto, ele minimizou a polêmica classificando a fala do presidente da República como um “arrombo retórico”.

Tudo o que sabemos sobre:

Marco Aurélio MelloJair BolsonaroSTF