Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marco Aurélio rejeita pedido de liberdade para Moreira

Equipe BR Político

O ministro Marco Aurélio Mello negou pedido de liberdade feito pela defesa do ex-ministro Moreira Franco ao STF. Ele também rejeitou a possibilidade levantada pelos advogados de Moreira de suspender a ação na qual ele, Michel Temer e outros investigados foram detidos. A defesa do ex-ministro havia tentado argumentar que os fatos apontados no processo manifestam conexão com crimes eleitorais. Marco Aurélio entendeu que os pedidos dos advogados foram feitos dentro dentro da ação pela qual a Corte definiu a competência da Justiça Eleitoral,  e isso não é permitido. “O inquérito é subjetivo, ou seja, possui balizas próprias considerados os envolvidos, circunstância a demonstrar a impropriedade da via eleita”, afirmou o ministro, como mostra o Estadão. Ele também argumentou que não pode “queimar etapas” e que a responsabilidade pelo possível HC é do TRF-2.

Tudo o que sabemos sobre:

Moreira FrancoSTF