Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

Marco Aurélio vota contra reeleição no Congresso

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O ministro Marco Aurélio Mello, do STF, votou nesta tarde de sexta, 4, contra a possibilidade de recondução dos presidentes das duas Casas Legislativas em mandatos sucessivos. Seus colegas, Gilmar Mendes, Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes e Dias Toffoli, votaram a favor. Kássio Nunes Marques votou contra uma eventual candidatura de Rodrigo Maia à reeleição, mas a favor à de Davi Alcolumbre no Senado.

“A tese não é, para certos segmentos, agradável, mas não ocupo, ou melhor, ninguém ocupa, neste Tribunal, cadeira voltada a relações públicas. A reeleição, em si, está em moda, mas não se pode colocar em plano secundário o § 4º do artigo 57 da Constituição Federal”, justificou Marco Aurélio.

Marco Aurélio Mello, do STF. Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão

A exemplo do que vários juristas têm sustentado, o ministro afirmou ser “inaceitável que as Casas Legislativas disponham conforme as conveniências reinantes, cada qual adotando um critério, ao bel-prazer, à luz de interesses momentâneos”.