por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marina contra ‘Plano Guedes’ de privatização

Marcelo de Moraes

Sempre criticada por “desaparecer” depois de cada eleição, Marina Silva parece ter mudado de postura depois de ter conseguido apenas 1% dos votos na corrida para o Planalto. Ativa nas redes sociais desde a derrota, a ex-ministra do Meio Ambiente voltou suas baterias contra o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, a quem atribui um plano de privatizar empresas de peso, como a Petrobras. Para Marina, a indicação de Roberto Castello Branco para presidir a empresa faz parte dessa estratégia de futura venda da estatal.

“Roberto Castello Branco na presidência da Petrobrás é parte do “Plano Guedes” de privatização da empresa, contrariando a expectativa dos brasileiros de valorização e gestão técnica e eficiente desse patrimônio que deve estar a serviço dos interesses do País”, diz Marina. /M.M.