por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marina: ‘Enterrem a ditadura, deixem a democracia em paz’

Marcelo de Moraes

Marina Silva, que disputou a última eleição presidencial pela Rede, também condenou as tentativas de celebração do golpe militar de 1964.

“A ditadura militar não pode ser vista como mera divergência entre direita e esquerda, nem apagada, comemorada ou reescrita. Foi um atentado contra a democracia e isso é um fato, muito além de quaisquer interpretações. Enterrem a ditadura, deixem a democracia em paz”, disse Marina. /M.M.

Tudo o que sabemos sobre:

Marina Silva