Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marina: ‘Isso é inegável crime de responsabilidade’

Marcelo de Moraes

Exclusivo para assinantes

A ex-senadora Marina Silva (Rede) acusou o governo Bolsonaro de cometer crime de responsabilidade ao esconder os dados sobre casos e mortes pelo coronavírus no Brasil.

“O governo faz de tudo para manipular a gravidade da Covid-19 no país. Depois de desprezar os efeitos nefastos provocados pelo coronavírus, agora tenta esconder o número de mortes e de pessoas infectadas”, criticou.

Marina reclamou das críticas feitas por Jair Bolsonaro contra o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, por não barrar a divulgação de imagens de enterros em valas pelo coronavírus. O Amazonas é um dos Estados mais afetados pela pandemia no Brasil.

“É inadmissível termos um presidente que fica indignado com o fato do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, não impedir a divulgação de imagens de sepultamentos em valas, ao mesmo tempo em que age para ocultar dados estatísticos de mortes e pessoas infectadas pela Covid-19”, diz. E critica: “Isso é crime de lesa pátria, lesa humanidade e inegável crime de responsabilidade”.