Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marina: ‘Que os generais tenham mais juízo que o capitão’

Equipe BR Político

A ex-candidata à Presidência Marina Silva (Rede-AC) cobrou o posicionamento de membros do Congresso sobre o que chamou de “uma convocação nitidamente golpista” feita pelo presidente Jair Bolsonaro em grupos de WhatsApp. Como revelou ontem o BRP, na última terça, Bolsonaro compartilhou vídeos em grupos de WhatsApp a favor de ato em sua própria defesa e contra o Congresso e o STF marcado para 15 de março.

“Ao divulgar pelo seu WhatsApp uma convocação nitidamente golpista, Bolsonaro não só assina embaixo como assume este que parece ser o seu sonho, reiterado de inúmeras formas e em muitos episódios: dar o seu próprio golpe, ter a sua própria ditadura, reescrever o malfadado AI-5”, escreveu a ex-ministra no Twitter.

A ex-candidata à Presidência Marina Silva

A ex-candidata à Presidência Marina Silva Foto: Hélvio Romero/Estadão

Marina também pediu para que “os generais tenham mais juízo que o capitão”. “O momento é gravíssimo e exige posições e medidas claras do Congresso e do STF em defesa da democracia. Que todos os democratas se posicionem e se aliem, e que os generais tenham mais juízo que o capitão, respeitando as instituições democráticas e a nossa CONSTITUIÇÃO”, escreveu na manhã desta quarta-feira, 26.