Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marinho aponta o ‘day after’ da reforma

Equipe BR Político

Aprovada por completo a reforma da Previdência, no cronograma de “day after” do governo para a economia, antes mesmo do empenho por novas reformas, está um programa de geração de emprego.

De acordo com o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, o anúncio será feito nas primeiras semanas de novembro e o foco será sobre os jovens, faixa de trabalhadores que, segundo ele, está mais fragilizada pela falta de oportunidades.

“Estamos fazendo o trabalho de gerar o ambiente favorável. São medidas ligadas ao estímulo ao microcrédito para pobres, reabilitação profissional, estímulo ao primeiro emprego, liberação das garantias judiciais (de empregadores). São 14 medidas”, disse Marinho, em entrevista ao Estadão.

Sobre os passos seguintes à Previdência, o secretário reconhece que ela sozinha não faz verão e que precisa estar amparada em outras medidas. “A reforma por si só não é suficiente para fazer com que a economia cresça bem, mas ela vai dar previsibilidade e segurança jurídica para iniciarmos um ciclo virtuoso na economia. Ao lado disso, está sendo feito um trabalho de microrreformas”, disse.