Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Marun reclama de quem ‘aponta o dedo’

Equipe BR Político

Após protagonizar confronto público com Rodrigo Maia em razão da proposta de zerar o PIS/Cofins do diesel, o ministro Carlos Marun afirmou em rede social nesta madrugada, 27, que “não é apontando o dedo para os outros” que a crise com o setor de transportes será resolvida.

Maia defende corte de 100% dos dois tributos por decreto presidencial, sob o argumento de que o governo federal dobrou a alíquota do diesel, gasolina e etanol no ano passado. Já Marun alega problema de caixa.

Tudo o que sabemos sobre:

Carlos MarunRodrigo Maia