Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Extradição é vitória para eleito

Equipe BR Político

“Quando assinou a autorização para que Cesare Battisti ficasse no Brasil, no último dia de 2010, Lula se preparava para deixar o poder com 83% de aprovação. O governo foi pressionado pelos italianos, mas decidiu não extraditar o homem condenado à prisão perpétua por quatro homicídios nos anos 1970”, escreveu Bruno Boghossian na Folha.

Na opinião do colunista, ainda que Bolsonaro não tenha participado das decisões que devem culminar na extradição de Battisti, sua possível saída do País simboliza uma vitória do presidente eleito.

Tudo o que sabemos sobre:

Cesare BattistiJair Bolsonaroextradição