Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MDB e PSDB batem palma para prorrogação do auxílio

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

Enquanto a oposição movimenta as redes sociais com a hashtag #600peloBrasil, em referência ao valor de R$ 600 pagos até agosto pelo governo à população mais vulnerável, MDB e PSDB comemoram a decisão do Planalto de manter o auxílio emergencial até dezembro, com valor de R$ 300 para cada parcela.

Em nota, a bancada tucana na Câmara diz que “reconhece o esforço do governo” na prorrogação do benefício. “Sem dúvida, essa é uma importante medida e que terá o apoio do PSDB na Câmara, pois não só garante a necessária continuidade da assistência aos brasileiros que sofreram o impacto da pandemia, como também estimula a recuperação da economia”, afirma o texto assinado pelo líder dos tucanos na Câmara, deputado Carlos Sampaio (SP).

Já o presidente nacional do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), usou o Twitter para dizer que além da prorrogação, é necessário também pensar na retomada da agenda de reformas, mesmo discurso feito mais cedo pelo ministro da Economia.

“O MDB tem compromisso com o País, por isso considera importante a decisão do governo em prorrogar o #auxílioemergencial. Além disso, o partido entende que é preciso lutar pela aprovação das reformas tributária e administrativa, fundamentais na recuperação da economia”, escreveu.