Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MDB na mira da Lava Jato

Luiza Pollo

A Polícia Federal prendeu um operador financeiro ligado ao MDB na 51ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Déjà vu e deflagrada na manhã desta terça-feira, 8. Além dele, outras cinco pessoas foram presas, informa o Blog do Fausto.

Há suspeita de que agentes que representavam políticos ligados ao então PMDB teriam recebido US$ 31 milhões através de contas mantidas por operadores financeiros no exterior.

Tudo o que sabemos sobre:

Lava Jato