Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Marcelo de Moraes

MEC adia para março volta às aulas presenciais em federais

Equipe BR Político

Exclusivo para assinantes

O Ministério da Educação (MEC) decidiu atrasar em dois meses a previsão de volta às aulas presenciais em universidades e institutos federais de ensino. A nova data para retorno foi fixada em 1º de março. A aparece em portaria publicada na edição extra do Diário Oficial da União de segunda-feira, 7. A medida altera a decisão de 2 de dezembro, que previa a retomada a partir de 4 de janeiro.

Milton Ribeiro, ministro da Educação. Foto: Dida Sampaio/ Estadão

No último dia 6, o ministro da Educação, Milton Ribeiro, se reuniu com reitores das universidades federais para definir como ser o retorno presencial de alunos e professores.

Assim como no texto da semana passada, a nova portaria recomenda que, para a realização das atividades presenciais, as federais deverão observar os protocolos de biossegurança para o enfrentamento da pandemia. O texto ainda acrescenta que os prazos poderão ser modificados dependendo do avanço da pandemia da covid-19 nas regiões.

Tudo o que sabemos sobre:

Milton RibeiroMECvolta às aulaspresencial