Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MEC anuncia descontingenciamento de verba das federais

Equipe BR Político

O Ministério da Educação realocou recursos para destravar R$ 1,1 bilhão às universidades federais. Segundo o ministro da pasta, Abraham Weintraub, o valor corresponde a todo o orçamento que havia sido congelado das instituições de ensino superior. No entanto, no orçamento total do MEC para todos os níveis de ensino, R$ 2,86 bilhões seguem bloqueados.

Serão R$ 771 milhões liberados a universidades e R$ 336 milhões para institutos. A verba liberada às federais corresponde, na verdade, às despesas de custeio – contas de água, luz, telefone e limpeza, que as instituições devem pagar obrigatoriamente. O valor, portanto, basta apenas para que as universidades sigam funcionando e não deve ser suficiente para que as instituições invistam em novas pesquisas. Como você viu aqui no BRP, o contingenciamento desses recursos quase levou à suspensão das aulas nas federais em outubro.

O contingenciamento da pasta teve início no começo do ano, quando foram bloqueados R$5,8 bilhões no orçamento da pasta. Em setembro, o MEC anunciou que havia conseguido liberar R$ 1 bilhão para as instituições de ensino superior. Pelo twitter, Weintraub comemorou o novo desbloqueio. “Acabou o contingenciamento das Federais! VERBAS 100% LIBERADAS! Cadê os “especialistas” que alardeiam o caos há 6 meses?”, escreveu.