Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MEC deixa TV Escola a ver navios

Equipe BR Político

No dia em que o ministro da Educação, Abraham Weintraub, sai de férias, sua pasta, o MEC, informa que não vai renovar o contrato com a Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (Acerp), responsável por gerir a TV Escola, que se encerra no fim do ano. A medida coincide também com a transmissão do conteúdo olavista de programas da Brasil Paralelo, produtora de campanhas bolsonaristas.

Questionado pelo Broadcast Político se encerrará as atividades da TV Escola, o MEC afirmou que “estuda a possibilidade de as atividades do canal serem exercidas por outra instituição da administração pública”. Somente no ano passado, o contrato com a Roquete Pinto foi de R$ 73 milhões, mas sofreu redução neste ano.

 

Tudo o que sabemos sobre:

TV EscolaMECAbraham Weintraub