Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MEC é maior do que ideologias

Equipe BR Político

“As preocupações ideológicas que marcaram a gestão de Vélez Rodríguez e aparentemente continuarão na agenda do novo ministro nem de longe refletem as questões que o Ministério da Educação, com um orçamento de R$ 123 bilhões e 450 mil funcionários em 2018, precisa enfrentar”, escreve o sociólogo Simon Schwartsman em artigo no Estadão desta sexta-feira, 12.

Pelo bem do MEC, o colunista diz que as políticas educacionais não podem ser implementadas sem competência técnica, autoridade e legitimidade. Precisam ser mantidas por meio do diálogo ativo e respeitoso com as comunidades profissionais, e a adoção das melhores práticas internacionais.