Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MEC explica ‘intervenção’ em vagas para transgêneros

Equipe BR Político

Após o presidente Jair Bolsonaro anunciar a “intervenção” do Ministério da Educação em um processo seletivo da Universidade da Integração da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab) que ofertaria vagas de graduação para candidatos transgêneros e intersexuais, o MEC se posicionou sobre o caso. Ao Broadcast Político, a pasta disse que a reserva de vagas não se enquadraria na Lei de Cotas. Segundo nota emitida pelo ministério,  a Unilab “não apresentou parecer com base legal para elaboração da política afirmativa de cotas”.

Tudo o que sabemos sobre:

MECJair Bolsonarocotas