Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

MEC promove mais recuos no Saeb

Vera Magalhães

A desistência de avaliar a alfabetização das crianças, revelada nesta segunda pelo blog da jornalista Renata Cafardo no Estadão, não é o único recuo da portaria 271, editada na sexta-feira, com alterações nas diretrizes para a realização do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica) em relação às normas que haviam sido aprovadas em dezembro –e que foram revogadas.

As escolas privadas, em quaisquer etapas, perderam o direito de participar do Saeb. Haverá apenas uma amostragem, sem direito a resultado individual por escola. Além disso, a Educação Infantil deixará de ser avaliada censitariamente, como previa a portaria 1.100/2018, que a atual substitui. Sumiu a menção expressa à aplicação de questionários eletrônicos, o que barateava a aplicação e dava agilidade e confiabilidade à composição de bancos de dados. Também não é feita menção, na nova portaria, ao Documento de Referência publicado em dezembro em que se registrava todo o trabalho de revisão das matrizes curriculares realizado pelo Inep entre 2017 e 2018, em consonância com a Base Nacional Comum Curricular. / Vera Magalhães

Tudo o que sabemos sobre:

MECsaebbase nacional comum curricular