Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

‘Medo’ de órgãos de controle no BNDES

Equipe BR Político

Ações mais intensas de fiscalização depois do início da Operação Lava Jato têm criado clima de “medo” no BNDES, diz a diretora de investimentos do Banco, Eliane Lustosa, ao Valor. A preocupação excessiva com os órgãos de controle chegou perto até de ameaçar negócios.

“Houve determinado momento em que essa atuação de tomada de contas e questionamentos dos órgãos de controle, que são necessários, geraram a percepção que o funcionário público pode ser responsabilizado por agir e não é questionado quando não age. Então se ele não fizer nada, não terá o risco”, afirmou. A diretora acredita que é preciso encontrar um equilíbrio na fiscalização.

Tudo o que sabemos sobre:

bndesLava Jato