Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Megaleilão do pré-sal arrecada menos do que o esperado

Equipe BR Político

O leilão das quatro áreas de exploração do pré-sal da Bacia de Santos – Búzios, Itapu, Atapu e Sépia – arrecadou R$ 36,5 bilhões a menos do que o previsto e a arrecadação foi puxada, principalmente, pelas ofertas da Petrobrás. A expectativa inicial era de que o leilão arrecadasse R$ 106,5 bilhões, mas o montante final foi de apenas R$ 69,96 bi. Com o saldo final abaixo do esperado, as ações da Petrobrás registraram queda de cerca de 0,35% nesta quarta-feira, 6.

O BRP já havia adiantado que a Petrobrás deveria dominar o leilão, e a estatal levou dois dos quatro campos. Atapu e Sépia não receberam ofertas. Já o de Búzios, o mais bem avaliado, foi arrematado pela estatal brasileira em parceria com empresas chinesas. O campo de Itapu só recebeu ofertas da Petrobrás, que também arrematou a área.

Como informa o Estadão, o leilão era uma boa forma de medir o interesse de empresas estrangeiras de investir a longo prazo no Brasil. O resultado aquém do esperado representa uma frustração da expectativa do governo de atrair parceiros estratégicos e do potencial de entrada de moeda estrangeira no País.

Tudo o que sabemos sobre:

megaleilão do pré-salPetrobrasEconomia