Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Menos ‘heróis’, mais ‘instituições’

Equipe BR Político

O presidente do STF, ministro Dias Toffoli, afirmou na segunda-feira, 18, em Belo Horizonte, que o combate à criminalidade no País não se faz com “heróis”, mas com as instituições. Segundo ele, a magistratura tem obrigação de inibir “excessos”.  As declarações foram dadas em um momento de críticas de integrantes do MP ao Supremo,  segundo o Estadão.

“Não podemos criar ódios entre nós, mas excessos não serão admitidos. Canalhices e cretinices, como disse o Gilmar Mendes, não podem ser admitidas, e as senhoras e os senhores, os juízes, têm de impedir que excessos sejam cometidos. Porque somos os moderadores da sociedade. Nós é que temos que ser os prudentes”, afirmou Toffoli. “O que não pode haver é excesso ou heróis. Não é a ação de heróis que resolve. São as instituições”, acrescentou ele.

Tudo o que sabemos sobre:

Dias Toffoliheróisinstituições