Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Menos R$ 80 bi na conta da reforma?

Marcelo de Moraes

As rodadas de negociações em torno da reforma da Previdência ameaçam reduzir cada vez mais o alcance do impacto que a proposta poderá ter. Reportagem do Estadão mostra que uma possível mudança nas regras do abono salarial, em relação à proposta original enviada pelo governo, pode reduzir em R$ 80 bilhões o impacto desse item.

O relator da reforma, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), estuda incluir no seu parecer uma modificação que restringe o pagamento do abono salarial para aqueles que ganham até 1,4 salário mínimo. Hoje, o governo paga o benefício para quem ganha até 2 salários mínimos e, na proposta enviada ao Congresso, pretendia pagar o abono apenas para quem ganhasse até 1 salário mínimo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdênciaAbono salarial