Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Mensagem de Moro ao STF

Equipe BR Político

O “xeque-mate” do ministro Sérgio Moro diante do questionamento do senador Fabiano Contarato (Rede-ES) sobre a imparcialidade de juízes com base na Constituição, Código Penal e Lei da Magistratura, em sessão recente no Senado, não foi só uma resposta ao parlamentar, mas também ao Congresso e ao Supremo, avalia a colunista Eliane Cantanhêde no Estadão. Para o titular de Justiça, acatar a tese de suspeição seria anular “tudo”.

“Só que decisões do STF jamais são simples assim, como uma continha aritmética. Anular “tudo” seria o fim do mundo, uma convulsão. Qual a aposta? Ou uma alternativa de meio termo, menos dramática que esse “tudo”, ou empurrar com a barriga”, escreve a jornalista.

Tudo o que sabemos sobre:

Fabiano Contaratosergio moro