Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Bolsonaro: ‘Queiroz cuida da vida dele e eu cuido da minha’

Equipe BR Político

Fabrício Queiroz é um fantasma que há quase um ano atormenta o presidente Jair Bolsonaro. E essa novela – ou filme de terror – está longe do fim. O áudio revelado nesta quinta-feira, 24, pelo Globo fez com que o mandatário da República, de Pequim, mandasse um recado ao ex-assessor do filho, o senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ).

“O Queiroz cuida da vida dele e eu cuido da minha”, foi assim que Bolsonaro reagiu a uma pergunta sobre se o ex-assessor ainda estaria negociando cargos na Câmara e no Senado conforme indica o áudio. Como costumeiramente faz quando não gosta de ser indagado sobre algum assunto, Bolsonaro ameaçou encerrar a entrevista.

Disse ainda não ter ouvido o áudio em que Queiroz revela as tratativas. Indagado se a revelação do áudio teria sido originada pela guerra de seus filhos com o presidente do PSL, Luciano Bivar, Bolsonaro respondeu: “Não sei, não falo mais com Queiroz, mas vou ouvir o áudio”.

Queiroz é investigado pelo Ministério Público do Rio por suposta prática da rachadinha — quando os servidores comissionados devolvem parte dos salários. Ele esteve no gabinete de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio entre 2007 e 2018 e, no período, emplacou sete parentes na estrutura.

Ao Globo, Queiroz admitiu, em nota, que mantém a influência por ter “contribuído de forma significativa na campanha de diversos políticos no Estado do Rio de Janeiro”. Já Flávio, também em nota, negou que tenha aceitado indicações do ex-assessor e que mantenha qualquer contato com ele desde o ano passado.