Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

Metade dos Estados em busca de reforma da Previdência própria

Equipe BR Político

Descrentes de que a PEC paralela vai decolar, 14 governadores já anunciaram suas próprias reformas, estão formatando projetos próprios ou iniciaram estudos para enviar os textos às respectivas assembleias.

Assim como a proposta que está para deve ser votada na quarta-feira, 6, na CCJ do Senado, as propostas dos Estados tendem a replicar exigências aprovadas por deputados e senadores para os funcionários públicos da União.

Cada um com a sua crise particular, mas que tem como denominador comum o déficit previdenciário, os governadores estão se vendo obrigados a assumir a continuidade da reforma previdenciária enquanto veem parlamentares se dividirem entre a agenda pós-Previdência e as articulações políticas para as eleições municipais de 2020.

Os governadores querem elevar a alíquota de contribuição para os funcionários. Na União, servidores que ingressaram na carreira até 2013 e têm direito à aposentadoria com valor maior que o teto do INSS (hoje em R$ 5.839,45), as alíquotas podem chegar a até 22%, segundo informou o Estadão.

Tudo o que sabemos sobre:

reforma da previdênciaEstadosgovernadores