Imagem da Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

por Vera Magalhães e Marcelo de Moraes

México negocia com Cuba para levar médicos que saíram do Brasil

Marcelo de Moraes

O México já está negociando com o governo cubano para receber pelo menos 3 mil médicos que acabaram de deixar o programa Mais Médicos no Brasil, segundo informa reportagem do Estadão. O novo presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, que é de esquerda, vinha negociando sigilosamente o assunto com Cuba desde setembro, antes da decisão do governo cubano de retirar os médicos do Brasil.

O governo cubano tomou a decisão de romper o acordo, alegando que não concordava com a intenção de renegociar os termos em que ele foi firmado, como desejava Jair Bolsonaro. O presidente eleito queria fazer o pagamento dos salários diretamente aos médicos, discordando de mandar parte dos recursos para o governo cubano. Depois do rompimento, Bolsonaro afirmou que o Brasil não ia mais ajudar a sustentar ditaduras de esquerda.

 

Tudo o que sabemos sobre:

Mais MédicoscubaMéxicoBolsonaro